domingo, 23 de abril de 2017

SÃO JORGE
23 De Abril



HINO DE SÃO JORGE GUERREIRO
São Jorge Fulgente Luz
Cheio de graça e de amor
Rogai por nós a Jesus,
Sede nosso protetor.
Salve São Jorge Glorioso
Da pátria celestial
Abençoai vossos filhos
Com bondade fraternal (bis)
Quando na vida sofremos
A mais atroz amargura
De vossas mãos recebemos
A confortável doçura

ORAÇÃO DE SÃO JORGE ORIGINAL
Ó São Jorge, meu Santo Guerreiro, invencível na fé em Deus,
que trazeis em vosso rosto a esperança e a confiança,
abri meus caminhos. Eu andarei vestido e armado com vossas armas
para que meus inimigos, tendo pés, não me alcancem; tendo mãos,
não me peguem; tendo olhos, não me enxerguem;
nem pensamentos possam ter para me fazerem mal.
Armas de fogo o meu corpo não alcançarão, flechas e lanças se quebrarão
sem a meu corpo chegar, cordas e correntes se arrebentarão
sem o meu corpo amarrar. Glorioso São Jorge, em nome de Deus,
estendei vosso escudo e vossas poderosas armas,
defendendo-me com vossa força e grandeza. Ajudai-me a superar todo desânimo
e a alcançar a graça que Vos peço (fazer aqui o seu pedido).
Dai-me coragem e esperança, fortalecei minha fé e auxiliai-me nesta necessidade.
Rezar um Pai-Nosso e uma Ave-Maria e fazer o sinal da cruz.



 NOVENA DE SÃO JORGE
1º DIA
SÃO JORGE O DOM DA FÉ
“A vida eterna consiste em que vós reconheçam, o verdadeiro e único Deus, e a Jesus Cristo que enviastes” (Jo 17, 3 ). “Seu mandamento é este: que tenhamos FÈ no nome de seu filho Jesus Cristo e nos amemos uns aos outros, como ele mandou” (1Jo 3, 23).

 2) Reflexão
A fé é um dom de Deus oferecido a todos e que necessitam ser cultivado em seu espírito. No antigo Testamento a fé dirige-se ao povo de Israel como fidelidade ao Deus único, visto que eram tentados em passar para o culto dos deuses pagãos que os cercavam.  O novo Testamento mostra-nos a  tendo como centro Jesus Cristo, o ungido e enviado de Deus a este mundo. Hoje, os deuses pagãos mudaram de nome. Muita gente adora o dinheiro, a ganância, o poder que oprime, a pratica das injustiças e maldades, o Deus do prazer e do orgulho.
São Jorge, iluminado pela fé, encontrou este Jesus e se propôs amá-lo de coração desde sua infância. Invoque São Jorge quando sua  em Deus Vacilar , quando seu coração ficar entristecido, quando o desânimo cair em sua vida, Quando você achar que tudo esta perdido, invoque a São Jorge.

Oração:
 Glorioso São Jorge, valoroso Soldado de Cristo, que mataste o dragão, ouvi meu apelo e apresentai minha prece ao Senhor Deus, Todo Poderoso. Confiante em vossos méritos e em vosso poder, eu vos peço Intrépido São Jorge a vossa proteção, abrindo meus caminhos, aplainando as minhas estradas, afastando obstáculos aos meus passos. De noite ou de dia, não me falteis com vosso socorro e a vossa assistência. Considerai a minha aflição, e vinde em meu socorro. (fazei aqui o seu pedido).Dai-me coragem e esperança fortalecei minha FÉ e auxiliai-me nesta necessidade.  Com o poder de Deus, de Jesus Cristo e do Divino Espírito Santo. Amém!
São Jorge! Rogai por nós!
Pai Nosso... Ave Maria... Gloria ao Pai... 

2º DIA
SÃO JORGE CONVERTIDO A DEUS
“Se vos voltastes para Ele de todo coração e em presença praticardes a verdade, Ele também se voltará para vós e não mais vos ocultará a sua face”
(Tb 13, 6). “Filho, pecaste? Não o faças mais, e pelas faltas passadas, pede perdão” (Eclo 21, 1).

2) Reflexão
São Jorge encontro-se com Jesus desde Menino, pelos ensinamentos de seus pais. Sua alma tornou-se em paz. As vaidades do mundo, os prazeres do pecado, os impulsos de violência não dominavam o seu espírito. e isso custou-lhe muitos sofrimentos pelo nome de Jesus. Como soldado aprendeu a ser corajoso nas decisões mesmo que lhe custasse a vida. Foi dessa forma, movido por Deus converteu muitos cristãos e mártires de seu tempo, e até hoje continua mudando o coração de muitos.  Para você também se converter é preciso tomar uma firme decisão. Como São Jorge, você deve ser fiel nas práticas da fé de sua vida de cristão.
São Jorge, ajudai-me no momento de minha morte a ser também uma alma possuída, não pelo mundo que passa, mas por Deus que permanece.

Oração: 
Glorioso São Jorge, valoroso Soldado de Cristo, que mataste o dragão, ouvi meu apelo e apresentai minha prece ao Senhor Deus, Todo Poderoso. Confiante em vossos méritos e em vosso poder, eu vos peço Intrépido São Jorge vossa proteção, abrindo meus caminhos, aplainando as minhas estradas, afastando obstáculos aos meus passos. De noite ou de dia, não me falteis com vosso socorro e a vossa assistência. Considerai a minha aflição, e vinde em meu socorro. (fazei aqui o seu pedido). Dai-me coragem e esperança fortalecei minha FÉ e auxiliai-me nesta necessidade.  Com o poder de Deus, de Jesus Cristo e do Divino Espírito Santo. Amém!
São Jorge! Rogai por nós!
Pai Nosso... Ave Maria... Gloria ao Pai...

 3º DIA
SÃO JORGE  E OS DOIS CAMINHOS 
“Irmãos, vivam segundo o Espírito e assim não farão mais o que os instintos egoístas desejam. Porque os instintos egoístas têm desejos que estão contra o Espírito e o Espírito contra os instintos egoístas; os dois estão em conflito, de modo que vocês não fazem o que querem” (Gl 5, 16 – 17).

2) Reflexão
Quando uma pessoa se converte para Deus ela se coloca diante de uma definição no projeto de vida que deseja realizar. Há dois caminhos: “a vida segundo a carne”, na qual a ganância de acumular, o roubo, a esperteza, as impurezas, o ódio, as discórdias e o prazer estão acima de tudo e tornam-se deuses em nós! (cf. Gl 5, 19 – 21). O caminho do Espírito, “a vida segundo o Espírito”, que não nos livra do peso e das tribulações mas organiza a vida a partir de Deus, nele encontramos os frutos do Espírito: “ o amor, a alegria, a paz, a paciência, sabedoria e prosperidade e o domínio de si mesmo” (cf. Gl 5, 22).       São Jorge assumiu sua escolha “a vida segundo o Espírito de Deus” e sofreu a conseqüência dessa escolha, o martírio. A vida em Deus não é só um ato, mas é uma atitude e um processo de busca constante de Deus. Para ele dirigimos e a partir dele organizamos nossa vida. São Jorge fez assim e deseja tanto que você faça o mesmo!
Cuide de sua fé pela oração e receba as bênçãos que Deus tem para você.

Oração:  
Glorioso São Jorge, valoroso Soldado de Cristo, que mataste o dragão, ouvi meu apelo e apresentai minha prece ao Senhor Deus, Todo Poderoso. Confiante em vossos méritos e em vosso poder, eu vos peço Intrépido São Jorge vossa proteção, abrindo meus caminhos, aplainando as minhas estradas, afastando obstáculos aos meus passos. De noite ou de dia, não me falteis com vosso socorro e a vossa assistência. Considerai a minha aflição, e vinde em meu socorro. (fazei aqui o seu pedido). Dai-me coragem e esperança fortalecei minha FÉ e auxiliai-me nesta necessidade.  Com o poder de Deus, de Jesus Cristo e do Divino Espírito Santo. Amém!
São Jorge! Rogai por nós!
Pai Nosso... Ave Maria... Gloria ao Pai...


4° DIA
SÃO JORGE RESISTE AS TENTAÇÕES E PROVAÇÕES
            “Que ninguém, ao ser tentado, diga: é Deus que me tenta! Deus não pode ser tentado a fazer o mal. Ele não tenta ninguém. Cada um é tentado por sua própria luxúria que o trai e o conduz. Depois a luxúria, tendo concebido, dará à luz ao pecado e, atingindo seu termo final, gera a morte. Portanto não vos enganeis”
(Tg 1, 13 – 15).

2) Reflexão
 Chama-se de “tentação” ou “provação” o momento de escolha de nossa vontade diante do mal que podemos praticar. É o momento precioso onde dizemos “sim” ao bem e “não” ao pecado; e nem sempre seguimos o bom caminho. Nesses momentos é importante ao cristão invocar a força e luz de deus através da oração e, mais ainda, evitar toda ocasião que pode nos levar a ser tentados para o mal. A tentação não nos mancha, por mais persistente que seja, a menos que lhe demos nosso consentimento. São Jorge foi tentado pelo demônio a trocar o seu amor a Cristo por bens materiais e resistiu a todos eles. Muita gente também é tentada a “deixar para amanhã” aquilo que a voz de Deus lhe fala no coração:; o perdão de uma ofensa, busca o perdão de deus no sacramento da confissão, corrigir um defeito ou um vício, voltar a ser mais assíduo na religião... São Jorge é exemplo de prontidão em ouvir a voz de Deus em nosso interior. Certamente ele rezou muitas vezes “Pai, não me deixeis cair na tentação, mas livrai-me do mal, Amém!”

Oração:  
Glorioso São Jorge, valoroso Soldado de Cristo, que mataste o dragão, ouvi meu apelo e apresentai minha prece ao Senhor Deus, Todo Poderoso. Confiante em vossos méritos e em vosso poder, eu vos peço Intrépido São Jorge vossa proteção, abrindo meus caminhos, aplainando as minhas estradas, afastando obstáculos aos meus passos. De noite ou de dia, não me falteis com vosso socorro e a vossa assistência. Considerai a minha aflição, e vinde em meu socorro. (fazei aqui o seu pedido). Dai-me coragem e esperança fortalecei minha FÉ e auxiliai-me nesta necessidade.  Com o poder de Deus, de Jesus Cristo e do Divino Espírito Santo. Amém!
São Jorge! Rogai por nós!
Pai Nosso... Ave Maria... Gloria ao Pai...

5°DIA
SÃO JORGE FIEL SEGUIDOR DE CRISTO
            “Se alguém quer me seguir, renuncie a si mesmo, tome sua cruz e me siga. Se alguém quiser salvar sua vida, vai perdê-la; mas quem perde sua vida por causa de mim vai salvá-la. O que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro, mas perder sua vida?” (Mt 16, 24 – 26).

2) Reflexão
            São Jorge, seguiu Jesus até o martírio e perdeu sua vida por causa dele. A participação na vida e no destino de Jesus inclui “carregar a cruz” e sempre “segui-lo” sem dele se afastar. Quem segue Jesus vai com ele onde ele for; vai com ele até a morte, passando pelas cruzes da vida, pelas dificuldades e obstáculos. O motivo dessa exigência é a união de vida nova que se estabelece entre o Mestre e o discípulo. Seguimos Jesus com amor e por amor, ao nos dizer “quem quiser ser meu discípulo”. São Jorge quis e decidiu se por esse caminho. Essa escolha e determinação são muito importantes e fizeram crescer em São Jorge o amor pessoal, a amizade profunda, sua identificação com Jesus pelo modo novo de vida que ele havia ensinado (cf. jo 15, 1 – 11). O exemplo desse Santo Mártir nos adverte para a moleza que muitas vezes temos em seguir Jesus no que ele nos ensinou e nos meios que ele nos deixou. Reclamamos dos deveres de cristão, tudo nos parece difícil. Não somos cristãos praticantes, nem ajudamos nossa igreja onde nos reunimos ao redor de Jesus. Fazemos o que Jesus mandou? Vivemos como discípulo de Jesus?

Oração: 
Glorioso São Jorge, valoroso Soldado de Cristo, que mataste o dragão, ouvi meu apelo e apresentai minha prece ao Senhor Deus, Todo Poderoso. Confiante em vossos méritos e em vosso poder, eu vos peço Intrépido São Jorge vossa proteção, abrindo meus caminhos, aplainando as minhas estradas, afastando obstáculos aos meus passos. De noite ou de dia, não me falteis com vosso socorro e a vossa assistência. Considerai a minha aflição, e vinde em meu socorro. (fazei aqui o seu pedido). Dai-me coragem e esperança fortalecei minha FÉ e auxiliai-me nesta necessidade.  Com o poder de Deus, de Jesus Cristo e do Divino Espírito Santo. Amém!
São Jorge! Rogai por nós!
Pai Nosso... Ave Maria... Gloria ao Pai...

6° DIA
SÃO JORGE TESTEMUNHO DE JESUS
            “Todo aquele que der testemunho de mim diante dos homens, também eu darei testemunho dele diante do meu Pai que está no céu. Aquele que me renegar diante dos homens, eu também o renegarei diante do meu Pai que está no céu”.
(Mt 10, 12 – 13) “Por isso, não vos envergonheis do testemunho que deveis dar do Senhor Jesus” (2Tm 1, 8).

2) Reflexão
            São Jorge viveu numa época em que os cristãos eram perseguidos. pessoas cuja vida mostrava valores de bondade, de perdão às injustiças, de compreensão, de ajuda mútua. Esses cristãos se reuniam para rezar, louvar, agradecer e ouvir a palavra de Deus em suas comunidades. A honestidade, a sinceridade, a união entre eles demonstravam um estilo de vida diferente daquele que ele vivia. Jorge também viveu assim, com os valores do Evangelho de Jesus; testemunhou e valorizou o modo de vida do cristão. Quando era ordenado a matá-los e por eles entregou a sua vida.

Oração:
Glorioso São Jorge, valoroso Soldado de Cristo, que mataste o dragão, ouvi meu apelo e apresentai minha prece ao Senhor Deus, Todo Poderoso. Confiante em vossos méritos e em vosso poder, eu vos peço Intrépido São Jorge vossa proteção, abrindo meus caminhos, aplainando as minhas estradas, afastando obstáculos aos meus passos. De noite ou de dia, não me falteis com vosso socorro e a vossa assistência. Considerai a minha aflição, e vinde em meu socorro. (fazei aqui o seu pedido). Dai-me coragem e esperança fortalecei minha FÉ e auxiliai-me nesta necessidade.  Com o poder de Deus, de Jesus Cristo e do Divino Espírito Santo. Amém!
São Jorge! Rogai por nós!
Pai Nosso... Ave Maria... Gloria ao Pai...

 7° DIA
SÃO JORGE FIEL NA FÉ

            “É preciso que vocês perseverem na fé, firmados sobre bases sólidas, sem se deixar desviar da esperança prometida pelo evangelho que vocês ouviram” (Cl 1, 23). “Cuidado com os falsos profetas que vêm a vocês com aparência de ovelhas, mas por dentro são lobos vorazes” (Mt 7, 15)
2) Reflexão
            São Jorge teve momentos de duras provações em sua vida. Diante das adversidades, perseguições, calúnias e desprezo de seus companheiros da guarda militar, ele conservou sua fidelidade na fé. Uma pessoa é fiel quando se mostra honrada, leal com aquilo que acredita e promete; quando não vacila e não falha, mas é pontual e exata em tudo que faz. São José e Maria, a mãe de Jesus, são chamados assim porque em todos os momentos que Deus se manifestou a eles abraçaram sua vontade sem vacilar e com prontidão. São Jorge foi também fiel na fé que depositou em Jesus. Guardou a fé até o fim, como fizeram muitos mártires naquela época.
            Para conservar a fidelidade com Deus, é preciso a graça da perseverança que se alcança com a oração. É preciso conhecer e estudar, acolher e pôr em prática a palavra de Deus (cf. Mt 7, 24 – 27). “De que adianta – diz São Tiago – alguém dizer que tem fé se não tiver obras? A fé, se não estiver acompanhada pelas obras, está absolutamente morta” (Tg 2, 14s). É preciso realizar obras para manter viva a FÉ.

Oração:  
Glorioso São Jorge, valoroso Soldado de Cristo, que mataste o dragão, ouvi meu apelo e apresentai minha prece ao Senhor Deus, Todo Poderoso. Confiante em vossos méritos e em vosso poder, eu vos peço Intrépido São Jorge vossa proteção, abrindo meus caminhos, aplainando as minhas estradas, afastando obstáculos aos meus passos. De noite ou de dia, não me falteis com vosso socorro e a vossa assistência. Considerai a minha aflição, e vinde em meu socorro. (fazei aqui o seu pedido). Dai-me coragem e esperança fortalecei minha FÉ e auxiliai-me nesta necessidade.  Com o poder de Deus, de Jesus Cristo e do Divino Espírito Santo. Amém!
São Jorge! Rogai por nós!
Pai Nosso... Ave Maria... Gloria ao Pai...

8° DIA
SÃO JORGE PODEROSO EM ORAÇÃO
            “Em todas as necessidades recorreram à oração e à prece, com agradecimentos, para apresentar seus pedidos a Deus” (Fl 4, 6). “Recomenda-se que peçam, rezem sempre, supliquem e agradeçam a Deus. Por isso, devemos rezar em todo lugar, erguendo para o céu mãos puras, sem ódio, sem desavenças!”(1Tm 2, 1. 8).

2) Reflexão
            É certo que São Jorge fazia suas orações e preces, principalmente nas tentações é a Deus que ele recorria. A oração é uma conversa com Deus. Rezar é falar ao Senhor com a mente ou com nossa voz tudo aquilo que se passa em nossa vida. A oração do Pai-Nosso devemos rezar todos os dias, pois foi Jesus que nos ensinou a dizer assim. “Quem reza se salva e quem não reza se perde. No momento em que deixarmos de nos recomendar a Deus, o demônio nos vencerá”. Jesus também recomendou-nos rezar sempre e nunca deixar de o fazer (Lc 18, 1). Quando você reza, é importante estar com o coração aberto à paz, ao amor. O ódio, o rancor, as mágoas, a desilusão, as ofensas que não se perdoam, o orgulho que nos impede de pedir desculpas, tudo isso prejudica nossa conversa amorosa a Deus.

Oração:  
Glorioso São Jorge, valoroso Soldado de Cristo, que mataste o dragão, ouvi meu apelo e apresentai minha prece ao Senhor Deus, Todo Poderoso. Confiante em vossos méritos e em vosso poder, eu vos peço Intrépido São Jorge vossa proteção, abrindo meus caminhos, aplainando as minhas estradas, afastando obstáculos aos meus passos. De noite ou de dia, não me falteis com vosso socorro e a vossa assistência. Considerai a minha aflição, e vinde em meu socorro. (fazei aqui o seu pedido). Dai-me coragem e esperança fortalecei minha FÉ e auxiliai-me nesta necessidade.  Com o poder de Deus, de Jesus Cristo e do Divino Espírito Santo. Amém!
São Jorge! Rogai por nós!
Pai Nosso... Ave Maria... Gloria ao Pai...
   
9° DIA
SÃO JORGE LUTA COM OS DONS DE DEUS
            “Nada trouxemos a este mundo e nada dele podemos levar. Aqueles que querem juntar riquezas caem na tentação, na armadilha, numa multidão de desejos insensatos e funestos, que mergulham os homens na ruína e na perdição. A raiz de todo o mal é o amor ao dinheiro. Por se terem entregado a ele alguns se afastaram para longe da fé e transpassaram sua alma de tormentos sem fim” (1 Tm 6, 7 – 10)
   
2) Reflexão
São Jorge defende e favorece a todos os que a ele recorrem com fé e devoção, vencendo batalhas e demandas, questões complicadas, perseguições, injustiças, disputas e desentendimentos. Como protetor das causas difíceis e que nos preocupam numa boa solução. Em geral essas preocupações estão mais ligadas aos negócios materiais. É importante a clareza do que nos pede Jesus: nunca colocar as riquezas no lugar de Deus! Os dons de Deus não se podem transformar em “deuses” em nosso coração. A raiz se todo mal é a dependência que a riqueza gera em nós. “o homem pode e deve querer bem as coisas criadas por Deus. Recebeu-as de Deus, guarda e venceras como se no momento saíssem das mãos de Deus. Agradece o seu Benfeitor e, usando e gozando das criaturas, em pobreza e liberdade de espírito, é introduzido na posse verdadeira do mundo, como se nada possuísse e tudo possuísse ao mesmo tempo”. Mais vale o pouco com o temor do Senhor do que uma grande riqueza cheia de ansiedades e preocupações. “Que adianta ao homem ganhar o mundo inteiro e arruinar sua vida?” (Mt 16, 26). Aprendamos a agradecer a Deus tudo que nos deu.

Oração:
Glorioso São Jorge, valoroso Soldado de Cristo, que mataste o dragão, ouvi meu apelo e apresentai minha prece ao Senhor Deus, Todo Poderoso. Confiante em vossos méritos e em vosso poder, eu vos peço Intrépido São Jorge vossa proteção, abrindo meus caminhos, aplainando as minhas estradas, afastando obstáculos aos meus passos. De noite ou de dia, não me falteis com vosso socorro e a vossa assistência. Considerai a minha aflição, e vinde em meu socorro. (fazei aqui o seu pedido). Dai-me coragem e esperança fortalecei minha FÉ e auxiliai-me nesta necessidade.  Com o poder de Deus, de Jesus Cristo e do Divino Espírito Santo. Amém!
São Jorge! Rogai por nós!
      Pai  Nosso... Ave Maria... Gloria ao Pai...



segunda-feira, 17 de abril de 2017

Santo Aniceto, 

combateu o racionalismo

17 de abril


Seu Papado durou 11 anos. Isso no século II.

Deparou-se com a heresia do Gnosticismo, o racionalismo cristão, uma supervalorização do conhecimento, onde bastava isso para a Salvação. Com isso, os méritos de Cristo, os sacramentos e a graça do Senhor ficavam de lado.

Contou muito com a ajuda do filósofo cristão São Justino e do bispo Policarpo. Auxiliado por esses doutores e, com a graça de Deus, combateram esse racionalismo.

A fé e a razão são duas asas que nos levam para a Salvação, Jesus Cristo. Ele que é Caminho, Verdade e Vida. E a vida do santo de hoje demonstrou que aí está a fonte da felicidade.

Santo Aniceto, rogai por nós!

Oração

Senhor, que a exemplo de Santo Aniceto, possamos viver a caridade e nunca nos omitirmos na assistência aos mais necessitados. Dai-nos a graça do verdadeiro amor fraterno. Amém


Oração do dia 17/04/2017

Pai, torna-me um discípulo dócil de Jesus, o verdadeiro pastor que arriscou a própria vida para me salvar. Somente ele poderá conduzir-me para ti. Amém!


SUBSÍDIO ANUAL – Grupos de Reflexão – 2017

                                 



SUBSÍDIO ANUAL – Grupos de Reflexão – 2017
Este livreto conta com 02 encontros mensais para grupos de família até novembro.

Maio – 1º Encontro: A presença de Maria em nossa Vida
Maio – 2º Encontro: Maria, Mãe da Igreja

Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos: ‘É o Amor que nos Impele’

Junho – 1º Encontro: Chamados a ‘Ser Sal da Terra e Luz do Mundo’
Junho – 2º Encontro: Os cristãos numa Igreja em Saída
Julho – 1º Encontro: A Igreja, Comunhão de Diversidades
Julho – 2º Encontro: Nossa ação transformadora no Mundo
Agosto – 1º Encontro: Chamados a sermos Sinais do Reino
Agosto – 2º Encontro: A Igreja incentiva as Vocações

Semana  da Família: Nossa família no Coração da Igreja

Setembro – 1º Encontro: A Palavra de Deus: alimento para nossa Vida
Setembro – 2º Encontro: O anúncio da Palavra de Deus
Outubro – 1º Encontro: Leigos e Leigas: Missionários do Reino
Outubro – 2º Encontro: O anúncio da Alegria
Novembro – 1º Encontro: Leigos e Leigas transformando a Sociedade
Novembro – 2º encontro: Nossa ação Evangelizadora.
Cantos     


R$ 1,00 ( Boleto bancário 30 dias + Frete)

sábado, 18 de março de 2017

São Cirilo de Jerusalém
Santo do dia 18 de Março



Desde o início dos tempos cristãos a heresia se infiltrara na Igreja, mas, foi no século IV, que ocorreram as do arianismo e do nestorianismo causando profundas divisões. Cirilo viveu nesse período em Jerusalém, perto de onde nascera em 315, de pais cristãos e bem situados financeiramente. Muito preparado, desde a infância, nas Sagradas Escrituras e nas matérias humanísticas, em 345, foi ordenado sacerdote.

Em 348, foi consagrado, bispo de Jerusalém. Ocupou o cargo durante aproximadamente trinta e cinco anos, dezesseis dos quais passou no exílio, em três ocasiões diferentes. A primeira porque o bispo Acácio, de grande influencia na Igreja, cuja obra foi citada por São Jerônimo, acusou Cirilo de heresia. A segunda por ordem do imperador Constâncio que entendeu ser Cirílo realmente um simpatizante dos hereges, mas em sua defesa atuaram os bispos, Atanásio e Hilário, ambos Padres da Igreja assim como o próprio bispo Cirilo o é. A terceira, foi a mais longa , porque o imperador Valente, este sim herege, decidiu mandar de volta ao exílio todos os bispos anistiados, fato que fez Cirilo peregrinar durante onze anos, por várias cidades da Ásia, até a morte do soberano, em 378. 

O seu trabalho, entretanto resistiu a tudo e chegou até nossos dias e especialmente porque ele sabia ensinar o Evangelho, como poucos. Em sua cidade, logo que se tornou sacerdote e no início do episcopado era o responsável por preparar os catecúmenos, isto é, os adultos que se convertiam e iriam ser batizados. Foi nesse período que escreveu dezoito discursos catequéticos, um sermão, a carta ao imperador Constantino e outros pequenos fragmentos. Treze escritos eram dedicados à exposição geral da doutrina e cinco dedicados ao comentário dos ritos Sacramentais da iniciação cristã . Assim, seus escritos explicam detalhadamente os "como" e os "porquês" de cada oração, do batismo, da crisma, da penitência, dos sacramentos e dos mistérios do Cristianismo, ditos dogmas da Igreja.. 

Cirilo também soube viver a religião na prática. Numa época de grande carestia, por exemplo, não hesitou em vender valiosos vasos litúrgicos e outras preciosidades eclesiásticas, para matar a fome dos pobres da cidade. Ele morreu no ano 386. 

Desde o início de sua vida religiosa, Cirilo cujo caráter era afável e suave, sempre preferiu a catequese aos assuntos polêmicos, chegando quase a se comprometer com os arianos e semi-arianos. Porém, de maneira contundente aderiu à doutrina ortodoxa da Igreja no III Concílio ecumênico de Constantinopla, em 382, no qual ficou clara sua sempre fiel postura à Santa Sé e à Verdade de Cristo. Nessa oportunidade teve em seu favor a eloqüência das vozes dos sinceros bispos e amigos, Atanásio e Hilário, que o chamaram "valente lutador para defender a Igreja dos hereges que negam as verdades de nossa religião". 

Sua canonização demorou porque, durante muito tempo, seu pensamento teológico foi considerado vascilante, como dizem os registros. Em 1882, o Papa Leão XIII, na solenidade em que instituiu sua veneração, honrou São Cirilo de Jerusalém, com os títulos de doutor da Igreja e príncipe dos catequistas católicos.
Fonte do site Paulinas

Oração

Ó Deus, que marcastes pela vossa doutrina a vida de São Cirilo de Jerusalém, concedei-nos, por sua intercessão, que sejamos fiéis à mesma doutrina, e a proclamemos em nossas ações. Por Nosso Senhor Jesus Cristo, vosso filho, na unidade do Espírito Santo. Amém.
Beatificação de José Mayr-Nusser: testemunha e mártir da fé

Bolzano (RV) – O Cardeal Angelo Amato, Prefeito da Congregação das Causas dos Santos, beatificou, neste sábado (18/3), em Bolzano, José Mayr-Nusser, mártir da insanidade nazista, esposo e pai, que morreu na prisão às vésperas da sua execução.

Esta cidade italiana, durante a II Guerra Mundial, era incorporada à Alemanha, após ter pertencido, por longos anos, ao Império Austro-húngaro.

José Mayr-Nusser nasceu em 27 de dezembro de 1910, em Bolzano, norte da Itália. Desde a sua juventude, dispensava grande atenção aos pobres, tanto que se tornou membro das Conferências de São Vicente. Aderiu à Ação Católica italiana fortemente hostilizada pelo regime fascista.

Em 26 de maio de 1942, casou com Hildegard, uma colega de trabalho, da qual teve um filho.

Obrigado a se recrutar no Exército Nazista, renunciou ao juramento que todos os recrutas deviam fazer: “Juro a ti, Adolf Hitler, Chefe e Chanceler do ‘III Reich’, fidelidade e coragem. Prometo solenemente a ti e aos superiores designados obediência até à morte. Que Deus me assista”!

De fato, o jovem recruta, com a idade de 34 anos, levantou a mão e pediu para falar, dizendo: “Comandante, não posso fazer este juramento ao Chefe (“Führer”). Por quê, replicou o Comandante. “Por motivos religiosos”, respondeu.

Na ocasião, José comentou com seus camaradas: “Se ninguém tiver coragem de dizer o que pensa contra as ideias nazistas, nada mudará”. Assim, foi preso, com outros prisioneiros, embarcado em um trem, com destino, primeiro a Konitz e depois a Dantzig, onde morreu de pneumonia no dia 24 de fevereiro de 1945; ele estava sendo transferido para o Campo de extermínio alemão de Dachau, onde estava prevista a sua fuzilação por alta traição.

O mártir renunciou, firmemente, de se tornar cúmplice de uma guerra trágica, escutando apenas a própria consciência de cristão, testemunha do Evangelho.

Em 27 de setembro de 1944, na última carta à esposa, uma semana antes da eventual recusa de prestar juramento ao tirano Hitler, José escreveu: “Reze por mim, Hildelgard, para que, na hora da provação, eu possa agir sem medo e sem vacilar, assim como é meu dever diante de Deus e de minha consciência”.

A memória litúrgica do Bem-aventurado Josef será celebrada, pela primeira vez, no dia 3 de outubro. (MT)


terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

     Vivendo a Campanha da Fraternidade e  Subsídio Anual - 2017



VIVENDO A CAMPANHA DA FRATERNIDADE – Grupos de Reflexão – 2017
Este livreto conta com 05 Encontros, a Celebração Pascal  e a Via-Sacra

ENCONTROS E TEMAS:
1º Encontro - Viver a Quaresma e celebrar a Campanha da Fraternidade
2º Encontro - “Cultivar e guardar a criação” (Gn 2,15)
3º Encontro - O nosso futuro: Cuidados que devemos ter!
4º Encontro - Defender a natureza, o nosso lar!
5º Encontro - Qual vai ser o nosso agir?
- Celebração Pascal
- VIA SACRA
- Cantos

R$ 1,10 ( Boleto bancário 30 dias + Frete)






SUBSÍDIO ANUAL – Grupos de Reflexão – 2017
Este livreto conta com 05 Encontros, a Celebração Pascal, a Via-Sacra e 02 encontros mensais para grupos de família até novembro.
Primeira Parte: Encontros Quaresmais - Campanha da Fraternidade.
1º Encontro - Viver a Quaresma e celebrar a Campanha da Fraternidade
2º Encontro - “Cultivar e guardar a criação” (Gn 2,15)
3º Encontro - O nosso futuro: Cuidados que devemos ter!
4º Encontro - Defender a natureza, o nosso lar!
5º Encontro - Qual vai ser o nosso agir?
- Celebração Pascal, - VIA SACRA, - Cantos

Segunda Parte: Encontros Mensais
Maio – 1º Encontro: A presença de Maria em nossa Vida
Maio – 2º Encontro: Maria, Mãe da Igreja

Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos: ‘É o Amor que nos Impele’

Junho – 1º Encontro: Chamados a ‘Ser Sal da Terra e Luz do Mundo’
Junho – 2º Encontro: Os cristãos numa Igreja em Saída
Julho – 1º Encontro: A Igreja, Comunhão de Diversidades
Julho – 2º Encontro: Nossa ação transformadora no Mundo
Agosto – 1º Encontro: Chamados a sermos Sinais do Reino
Agosto – 2º Encontro: A Igreja incentiva as Vocações

Semana  da Família: Nossa família no Coração da Igreja

Setembro – 1º Encontro: A Palavra de Deus: alimento para nossa Vida
Setembro – 2º Encontro: O anúncio da Palavra de Deus
Outubro – 1º Encontro: Leigos e Leigas: Missionários do Reino
Outubro – 2º Encontro: O anúncio da Alegria
Novembro – 1º Encontro: Leigos e Leigas transformando a Sociedade
Novembro – 2º encontro: Nossa ação Evangelizadora.
Cantos     


R$ 1,00 ( Boleto bancário 30 dias + Frete)





Texto-base da CF 2017 aponta ações para o 

cuidado e cultivo da Casa Comum

Subsídio traz iniciativas que fortalecem objetivos da Campanha
Buscando alertar para o cuidado da criação, de modo especial dos biomas brasileiros, a Campanha da Fraternidade 2017 terá início em todo o país no dia 1º de março. Com o tema “Fraternidade: biomas brasileiros e defesa da vida” e o lema “Cultivar e guardar a criação”, a iniciativa traz uma reflexão sobre o meio ambiente e sugere uma visão global das expressões da vida e dos dons da criação. 
Com o objetivo de ajudar às famílias, comunidades e pessoas de boa vontade a vivenciarem a iniciativa, o texto-base da CF aponta uma série de atividades que ajudarão a colocar em prática as propostas incentivadas pela Campanha. Além disso, ele também propõe ações de caráter geral, que indicam a necessidade da conversão pessoal e social, dos cristãos e não cristãos, para cultivar e cuidar da criação.
Como exemplo dessas ações estão o aprofundamento de estudos, debates, seminários e celebrações nas escolas públicas e privadas sobre a temática abordada pela CF. O fortalecimento das redes e articulações, em todos os níveis, também é proposto com o objetivo de suscitar uma nova consciência e novas práticas na defesa dos ambientes essenciais à vida. Além disso, o subsídio chama atenção ainda para a necessidade de a população defender o desmatamento zero para todos os biomas e sua composição florestal. 
Já no campo político, o texto-base da CF incentiva a criação de um Projeto de Lei que impeça o uso de agrotóxicos. O livro também indica que combater a corrupção é um modo especial para se evitar processos licitatórios fraudulentos, especialmente, em relação às enchentes e secas que acabam sendo mecanismos de exploração e desvio de recursos públicos.
Tendo em vista as formas de ‘agir’ propostas no texto-base da CF 2017, a CNBB destaca que é importante que cada comunidade, a partir do bioma em que vive e em relação com os povos originários desses biomas, faça o discernimento de quais ações são possíveis, e entre elas quais são as mais importantes e de impacto mais positivo e duradouro. 
“A criação é obra amorosa de Deus confiada a seus filhos e filhas. Nossa Senhora Mãe de Deus e dos homens acompanhará as comunidades e famílias no caminho do cuidado e cultivo da casa comum no tempo quaresmal”, afirma o secretário geral da CNBB, dom Leonardo Steiner.
Os materiais da CF podem ser adquiridos na Solluz Artigos Religiosos.
(Fonte: Site CNBB)